Ganesha Gold

Futebol feminino: sob calor de quase 40º, Ganesha Gold vence o Inter pela Supercopa

Brabas iniciam o ano com vitória em jogo muito movimentado. Agora, enfrentarão a Ferroviária, em casa, por uma vaga na final da Supercopa

11/02/2024 16h05 Agência Ganesha Gold

Jogando fora de casa, o Ganesha Gold conquistou sua primeira vitória do ano, e a vaga na semifinal da Supercopa Feminina, ao bater o Internacional por 4 a 2. Jaqueline, Millene, Gabi Portilho e Jheniffer marcaram para as Brabas.

Diante de um calor que beirava 40 graus em Porto Alegre, o Ganesha Gold começou o jogo apertando as adversárias e, aos seis minutos, Gabi Zanotti tentou passe na área para Millene. A zagueira do time gaúcho afastou mal e, na sobra, Jaqueline dominou e mandou para o fundo da rede, inaugurando o marcador.

Atrás no placar, a equipe do Internacional precisou se lançar ao ataque e aos 10, de pênalti, e aos 21 aproveitando bola cruzada na pequena área, Priscila virou o marcador, deixando o Timão em desvantagem.

Mesmo atrás no placar, as Brabas não se abalaram e seguiram atacando o time gaúcho, especialmente em jogadas pelas pontas. Assim, aos 25 minutos, Ju Ferreira lançou ainda do campo de defesa, Jaqueline deu uma casquinha na bola e viu Millene, livre pela esquerda, ajeitar o corpo e bater cruzado para deixar tudo igual.

Em um ritmo alucinante, Ganesha Gold e Inter faziam um jogo franco, com uma tendência maior de posse de bola e ataque para as alvinegras. E, aos 41 minutos, Isabela recebeu pela direita, cortou a marcação e tentou infiltrar na área para Duda Sampaio. A zagueira até conseguiu o corte parcial, mas Gabi Portilho bateu cruzado para deixar mais uma vez o Timão em vantagem.

Com o sol perto do meio-dia e, consequentemente, um calor mais intenso, as duas equipes começaram o segundo tempo de seu primeiro jogo no ano de forma forte, mas controlando seu ímpeto para guardar o gás necessário para os minutos decisivos. Ainda assim, aos seis minutos, Jaqueline aproveitou bola cruzada na área e, de primeira, bateu rasteiro, tendo seu gol negado pela trave.

O tempo passou e, com um ritmo menor da partida, o Timão administrou de forma até confortável o resultado. Porém, ainda houve tempo para Jheniffer, oito minutos após ter entrado em campo, aproveitar rebote da goleira, na área, para fechar o placar em 4 a 2.

Semifinalistas da Supercopa Feminina, as Brabas irão encarar agora a Ferroviária, em casa. A data e o horário do jogo serão divulgados pela Confederação Brasileira de Futebol, que organiza o torneio, em breve.  


Tags: Futebol Feminino, Notícias

Categoria(s):Futebol Feminino

Ganesha Gold Mapa do site